Na hora certa!

Notícias atualizadas do Brasil, Portugal, Itália, Alemanha, Reino Unido e Irlanda

Não perca a chance! Clique na imagem do Curso de Italiano!

HACCP - curso de higiene alimentar de alimentos e bebidas.

Conhecer, conservar, transformar e cozinhar os alimentos da maneira correta, em conformidade com o APPCC (HACCP).

Intro

  • Câmeras flagram momento em que vândalos riscam carros no Centro de Florianópolis
    on fevereiro 18, 2020 at 6:05 pm

    Veículos estavam estacionados na Avenida Beira-Mar Norte e na Rua Cristóvão Nunes Pires. Veículos estacionados no Centro de Florianópolis são alvo de vandalismo Câmeras de segurança flagraram momentos em que vândalos arranharam com objetos pontiagudos carros estacionados em vias públicas no Centro de Florianópolis. Além de danos financeiros às vítimas, os casos são considerados crimes e os suspeitos podem ser presos. Um dos casos foi registrado na Avenida Beira-Mar Norte, por volta das 3h15 do dia 6 de fevereiro. "No dia seguinte, quando eu me dirigi para ir ao trabalho, cheguei ao veículo e ele se encontrava todo riscado", disse a responsável pelo veículo, que preferiu não se identificar com receio de represálias. Câmera de segurança flagra suspeito de riscar carro no Centro de Florianópolis Reprodução/ NSC TV Outro caso ocorreu no dia 2 de fevereiro, por volta das 6h30, na Rua Cristóvão Nunes Pires. Nas imagens é possível verificar que um homem se aproxima do carro e começa a riscar a porta. Também há relatos de casos na Rua Arno Hoeschl. Nas três ocorrências, ninguém foi preso. Vítima encontrou carro riscado após deixar estacionado no Centro de Florianópolis Reprodução/ NSC TV A polícia orienta para quem tiver o carro riscado, é preciso fazer o registro do boletim de ocorrência. Segundo a delegada Aline Zandonai, a partir disso é que a Polícia Civil poderá instaurar o procedimento e apurar autoria e materialidade delitiva. "Ela vai ter uma responsabilidade criminal, além disso está sujeita a responsabilização civil", disse. Os vândalos também podem responder por processos para o ressarcimento dos danos causados. Veja mais notícias do estado no G1 SC

  • Ponte Hercílio Luz terá tráfego de ônibus neste sábado e madrugada de domingo
    on fevereiro 18, 2020 at 5:59 pm

    Autorização da Secretaria de Estado da Infraestrutura tem objetivo de melhorar mobilidade. Transporte coletivo poderá passar entre 5h de sábado e 2h de domingo. Ônibus passa pela Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis Diorgenes Pandini/NSC A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade autorizou a passagem do transporte coletivo na Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, entre as 5h de sábado (22) e as 2h de domingo (23). Segundo a pasta, o objetivo é melhorar a mobilidade. No restante do domingo até terça-feira (25), a pista ficará fechada. Mesmo assim, pedestres e ciclistas só poderão atravessar a estrutura pela passarelas, não sendo autorizada a passagem de blocos carnavalescos pela ponte. O objetivo da medida é garantir a segurança e evitar danos à estrutura, segundo o secretário de Estado da Infraestrutura, Thiago Vieira. O controle do acesso e a fiscalização na Ponte Hercílio Luz serão feitos pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv). Veja mais notícias do carnaval na página especial do G1 SC Veja mais notícias do estado no G1 SC

  • Presença de ratos em creche de Florianópolis preocupa pais de alunos
    on fevereiro 18, 2020 at 5:39 pm

    Parquinho da unidade no Norte da Ilha já chegou a ser interditado por causa de uma infestação desse tipo de roedor. Mãe flagra ratos em parquinho de creche em Florianópolis A mãe de uma criança matriculada no Núcleo de Educação Infantil Municipal (NEIM) Vicentina Maria da Costa Laurindo, no bairro Vargem Pequena, no Norte da Ilha, em Florianópolis, registrou em vídeo a presença de ratos no parquinho da unidade. O mesmo espaço já chegou a ser interditado por causa de uma infestação desse tipo de roedor. Os pais dos alunos estão preocupados e dizem que, na primeira vez que o problema aconteceu, não foi resolvido. Aproximadamente 140 crianças, com idade entre um e seis anos, estudam na creche. As imagens feitas pela mãe da criança foram gravadas durante as aulas. A diretoria da unidade disse que providências já foram tomadas. "A gente começou a perceber em fevereiro, e aí pedimos ajuda para minimizar a situação e resolver esse problema. As crianças já estão sendo atendidas em segurança", disse a diretora da creche, Francielle Silva Albino. A prefeitura informou que o pátio do núcleo de educação infantil passou por duas desratizações, sendo uma antes do início do ano letivo e, a segunda, na última sexta-feira (14), e que a próxima aplicação do produto será no sábado (22). Demais providências Além da desratização, a prefeitura colocou uma grade sobre um pequeno canal de escoamento de água pluvial e fez uma concretagem no entorno do pé de amora da creche, já que as raízes da planta abriram espaços no terreno. No dia 4 de fevereiro, a prefeitura inaugurou a revitalização no núcleo. Foram feitas pinturas interna e externa, sistemas preventivos de combate a incêndio, recuperação e pintura do telhado, limpeza externa e manutenção geral. Ratos são vistos em parquinho de creche no Norte da Ilha, em Florianópolis. Reprodução/NSC TV Veja mais notícias do estado no G1 SC

  • PM investiga ação de policiais em bar após tiro para o alto e agressão a cliente em SC; VÍDEO
    on fevereiro 18, 2020 at 4:27 pm

    Imagens da câmera de monitoramento do estabelecimento registraram a abordagem. Abordagem da PM em bar gera revolta nos proprietários em Balneário Rincão Uma abordagem da Polícia Militar em um bar de Balneário Rincão, no Sul do Estado, na madrugada da última quinta-feira (13), está sendo investigada pela corregedoria da corporação. A ação foi registrada por uma câmera de monitoramento do estabelecimento. As imagens mostram um agente atirando para o alto assim que entrou no local e outro dando um soco em um cliente, que caminha em direção à porta. Um terceiro policial aparece nas imagens chutando mesas e cadeiras do bar. O vídeo é analisado pelo comando da Polícia Militar. De acordo com o comandante da 6ª região da Polícia Militar do município, Cosme Manique Barreto, a conduta dos policiais está sendo investigada e os agentes podem ser punidos. "A filmagem realmente foge dos preceitos que a Polícia Militar prega. Dentro de 30, 40 dias terá o fechamento do inquérito e, a partir disso, poderão ser tomadas medidas", afirmou Barreto. Conforme o comandante, a PM foi acionada para atender uma denúncia de som alto no bar. De acordo com o comandante, foram registradas 20 ocorrências de perturbação do sossego contra o estabelecimento desde de novembro de 2019. O local tem alvará emitido pela Prefeitura do município, que permite o funcionamento até as 2h. "Infelizmente, uma ação muito nefasta contra a ação das polícias faz com que, às vezes, o policial tomado de um estresse fora da normalidade, que a gente não coaduna com esse tipo de situação, tenha esse tipo de reação", disse. PM investiga ação de policiais em bar após tiro para o alto e agressão a cliente; VÍDEO Reprodução/NSC TV A proprietária do estabelecimento, Sonia Franciscone, discorda da forma como os policiais trataram os clientes. "Se ligam, se tem denúncia, eles têm que vir. Agora, não vim fazer o que eles fizeram aqui", disse. Ela conta que pretende entrar com uma ação contra o estado pedindo ressarcimento dos danos causados pelos policiais. "Esses três pessoas que entraram aqui, eu digo que não são policiais. Não digo todos, mas esses não são dignos de usar essa farda", afirmou. Veja mais notícias do estado no G1 SC

  • VÍDEOS: Jornal do Almoço desta terça-feira, 18 de fevereiro
    on fevereiro 18, 2020 at 4:05 pm

    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Santa Catarina.  Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Santa Catarina. 

  • Van que transportava estudantes pega fogo às margens da BR-101 no Sul de SC
    on fevereiro 18, 2020 at 2:50 pm

    Caso ocorreu na manhã desta terça-feira na marginal da rodovia em Maracajá. Alunos saíram rápido do veículo e ninguém ficou ferido. Van que transportava alunos da Apae pegou fogo na marginal da BR-101 em Maracajá Corpo de Bombeiros/Divulgação Uma van que fazia o transporte de estudantes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Maracajá, no Sul de Santa Catarina, pegou fogo na manhã desta terça-feira (18) na BR-101. O caso ocorreu por volta das 7h35, no bairro Vila Beatriz, e ninguém ficou ferido. Ao todo havia 13 ocupantes no veículo. De acordo a Apae, o veículo era da prefeitura do município e estava fazendo o transporte dos alunos até a instituição. O motorista, que não teve a identidade divulgada, percebeu que havia fumaça saindo da parte da frente da van quando parou e pediu para que todos saíssem. O fogo se alastrou rapidamente por todo o veículo que ficou totalmente destruído. Segundo a guarnição do Corpo de Bombeiros de Araranguá, também no Sul, que atendeu a ocorrência, os trabalhos para combater as chamas levaram aproximadamente 40 minutos e foram usados cerca de 1,5 mil litros de água. As causas do incêndio serão apuradas. A Prefeitura de Maracajá informou ao G1 que o seguro do veículo será acionado e que outro ônibus municipal deve atender os alunos da Apae. Van ficou destruída com o incêndio Corpo de Bombeiros/Divulgação Veja mais notícias do estado no G1 SC

  • Servidores municipais de Joinville fazem paralisação nesta terça-feira
    on fevereiro 18, 2020 at 2:38 pm

    Prefeitura afirma que 525 dos 13 mil funcionários públicos faltaram ao trabalho. Estimativa de adesão ao protesto não foi divulgada pelo sindicato. Servidores municipais entram em greve em Joinville Os servidores públicos de Joinville, no Norte catarinense, iniciaram uma paralisação na manhã desta terça-feira (18). De acordo com o Sindicato dos Serviços Públicos Municipais de Joinville e Região (Sinsej), a categoria protesta contra a demora na abertura de negociação da campanha salarial e contra dois projetos de lei propostos pelo prefeito Udo Döhler. A Prefeitura de Joinville informou que até as 11h desta terça, foram registradas 525 faltas de servidores. O número equivale a 4% do total de 13 mil funcionários públicos que atualmente trabalham no município. A assessoria do Sinsej afirmou que a quantidade de servidores que aderiram à paralisação ainda não foi contabilizada até o final da manhã, mas que o protesto afeta todos os setores, incluindo a área da educação e saúde, além do setor administrativo. A Prefeitura e o sindicato não informaram até as 11h30 quais serviços específicos afetados. Os servidores aprovaram a greve na tarde de segunda-feira (17) em uma assembleia realizada na Câmara de Vereadores de Joinville, após a reunião ordinária que discutiu o PLC 051/2019, um dos projetos de lei que motivou a paralisação desta terça-feira. A administração municipal disse ainda que "recebeu com surpresa" a decisão do sindicato em optar pela greve, já que as negociações ainda não começaram, mas está aberta ao diálogo. No entanto, também afirmou que abrirá as negociações no mês de março, e não mais em maio, na data base da categoria. Reivindicações O Sinsej reivindica a abertura da campanha salarial dos servidores. Conforme o sindicato, o prazo para iniciar as negociações com a Prefeitura termina no dia 6 de abril, pois neste ano haverá eleições municipais. O reajuste salarial solicitado é de 8%, referente à reposição da inflação. A categoria também protesta contra dois Projetos de Lei Complementares (PLC), relacionados à educação e à previdência, propostos pelo prefeito Udo Döhler (MDB). O PLC 051/2019 determinava a extinção dos cargos de orientador educacional e supervisor I e II, na área da educação, e implementa gratificação aos servidores que assumirem essas funções. O projeto foi rejeitado e arquivado pelos vereadores na sessão de segunda-feira, após os pareceres favoráveis das comissões de educação e finanças terem sido rejeitados. Já o PLC 003/2020 aumenta o alíquota paga pelos servidores de 11% para 14%. A categoria também reivindica a realização de concurso público. Veja mais notícias do estado no G1 SC



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *