Na hora certa!

Notícias atualizadas do Brasil, Portugal, Itália, Alemanha, Reino Unido e Irlanda

Intro

  • VÍDEOS: JRO 2ª edição de segunda-feira, 11 de novembro de 2019
    on novembro 12, 2019 at 12:04 am

    Veja o que foi notícia no estado. Veja o que foi notícia no estado.

  • Servidores do Incra-RO são afastados por suspeita de irregularidades
    on novembro 11, 2019 at 9:35 pm

    Entre eles, segundo o instituto, está o superintendente regional. Afastamento foi publicado no Diário Oficial da União. Servidores do Incra são afastados por suspeita de irregularidades Servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Rondônia foram afastados do cargo. O pedido foi feito pela Corregedoria-Geral do instituto e publicado no Diário Oficial da União na última semana. Entre eles está o superintendente regional. Em nota (veja íntegra abaixo), o Incra informou que o afastamento ocorreu após supostas irregularidades identificadas na regional, visando "resguardar apurações disciplinares" que estão em andamento. A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, nomeou outro servidor para assumir a superintendência. O Incra disse ainda que todas as diretorias também foram substituídas. Ministra Tereza Cristina nomeou servidor público para assumir a superintendência do Incra em Rondônia. Diário Oficial da União/Reprodução Apesar do afastamento, a assessoria de imprensa do Incra-RO ressaltou que a decisão é cautelar e "sem qualquer juízo prévio de culpabilidade". O G1 tentou contato com o superintendente afastado nesta segunda-feira (11). Porém, até a última atualização desta reportagem, as ligações não foram atendidas ou retornadas. As mensagens encaminhadas também não foram respondidas. Veja nota do Incra sobre os afastamentos: No final da tarde do dia 07/11/2019, a Corregedoria-Geral do Incra (CGE/Incra) afastou cautelarmente o superintendente da autarquia em Rondônia de suas funções. Tal medida visou resguardar apurações disciplinares em curso naquela regional. Cabe salientar que esta é uma medida administrativa cautelar, de natureza meramente processual, sem qualquer juízo prévio de culpabilidade em relação ao servidor afastado. A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, decidiu, por meio da Portaria nº 254, publicada no Diário Oficial da União (DOU) da sexta-feira (8), nomear como superintendente regional substituto o servidor Ederson Littig Bruscke. Na mesma linha preventiva, a Diretoria do Incra determinou, em ato conjunto, a substituição de todas as Chefias de Divisão da regional. As mudanças foram publicadas na Seção 2 do DOU na mesma data. A presidência e a CGE/Incra reafirmam o compromisso com a lisura da administração pública, com a prestação de serviço de qualidade, e com a relevância da missão social do Incra para o país. Assessoria de Comunicação do Incra.

  • Inmet dispara alerta de chuvas intensas em Rondônia
    on novembro 11, 2019 at 8:29 pm

    Órgão prevê chuvas de 20 a 60 milímetros por hora até as 6h de terça-feira (12) em 52 cidades. Média de chuva esperada para novembro é de 225 milímetros. Inmet prevê chuvas intensas em Rondônia até terça-feira (12). Carlo Allegri/Reuters O Instituto Nacional de Meteorologia emitiu, nesta segunda-feira (11), um alerta para chuvas intensas para os municípios de Rondônia. O órgão prevê chuvas de 20 a 60 milímetros por hora até as 6h de terça-feira (12) em 52 cidades. O aviso pode ser renovado caso o quadro meteorológico não mude. A Defesa Civil também emitiu um alerta para chuvas intensas em todo o estado, ressaltando que as pancadas podem ocorrer acompanhadas de raios e ventos intensos. Mesmo com o grau amarelo (indicativo de chuvas intensas), o Inmet ressalta que há "baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas". Inmet disparou alerta amarelo para Rondônia nesta segunda-feira (11). Reprodução/Inmet No acumulado de novembro, de acordo com o meteorologista Olívio Bahia, as estações de medição do Inmet registraram cerca de 70 milímetros de chuva em Rondônia. A média esperada é de 225 milímetros. "Acreditamos que fique dentro da normalidade que prevemos para o mês. Temos ainda mais 20 dias para observar. Pode ser que fique até um pouco acima da média em algumas áreas do norte do estado, como em Porto Velho, por exemplo", explicou. Cuidados Diante do alerta, o Inmet faz as seguintes recomendações: Evite usar aparelhos eletrônicos ligados a tomadas; Em caso de rajadas de vento, é importante não se abrigar debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas; Não é recomendado estacionar veículos perto de torres de transmissão e de placas de propaganda. Em caso de dúvidas, a recomendação é fazer contato com a Defesa Civil (telefone 199) e o Corpo de Bombeiros (193). Previsão do Sipam De acordo com o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), o tempo deve permanecer de nublado a encoberto a qualquer hora desta segunda-feira, incluindo Porto Velho. Confira a pevisão do tempo na sua cidade Na capital do estado, a previsão é de que os termômetros alcancem máxima de 31ºC nesta segunda e que a umidade do ar varie entre 65% e 95%. Em Vilhena (RO), região do Cone Sul, a temperatura não deve ultrapassar a casa dos 30ºC. A umidade também deve oscilar entre 60% e 95%.

  • G1 é finalista em três categorias do Prêmio MP-RO de Jornalismo
    on novembro 11, 2019 at 7:49 pm

    Cerimônia de premiação será na próxima quarta-feira (13), em Porto Velho. Quatro reportagens do G1 foram indicadas à premiação. Reportagem sobre ex-presidiário que virou empresário é uma das finalistas Jheniffer Núbia Foram anunciados nesta segunda-feira (9) os finalistas ao 9° Prêmio MP-RO de Jornalismo. O G1 Rondônia concorre em três categorias, com quatro reportagens diferentes. A cerimônia de premiação acontecerá na quarta-feira, 13 de novembro, em Porto Velho. Veja abaixo, por categoria, as reportagens do G1 indicadas ao prêmio: Segurança Pública Ação que pede Delegacia da Mulher 24h por dia completa 6 anos sem julgamento em RO (repórter Diêgo Holanda) Após preconceito na busca por emprego, detento do regime aberto abre a própria empresa (repórter Jheniffer Núbia) Educação Grupo de mães recorre ao MP para garantir acesso dos filhos com deficiência à educação inclusiva em RO (repórter Diêgo Holanda) Gastos Públicos Rondônia deve gastar R$ 2,4 milhões com pensões de ex-governadores em 2019 (repórter Diêgo Holanda) Devido a uma regra prevista no edital, a organização não divulga publicamente uma lista dos veículos finalistas e informa individualmente o respectivo meio de comunicação sobre sua indicação. Na quarta-feira, dia do 9° MP-RO de Jornalismo, serão concedidos R$ 25 mil aos vencedores, sendo R$ 5 mil para os ganhadores de cada eixo temático, além de troféus e certificados para os 2º e 3º colocados nas cinco categorias (segurança pública, educação, saúde, gastos públicos e sustentabilidade). Reconhecimento Indicada pelo segundo ano seguido ao MP de Jornalismo, a repórter Jheniffer Núbia diz que a premiação é um reconhecimento para o jornalista. Em 2018, Jheniffer venceu o MP-RO de jornalismo com a reportagem "Das grades ao campo". "Com certeza estou feliz. O Prêmio de Jornalismo do MP é um meio de reconhecer o nosso trabalho. Sobre a reportagem finalista, do detento que abriu a própria empresa, ter conhecido o Ademilson foi uma experiência única e de muita aprendizagem. Eu amo o que faço, pois me deixa próximo das pessoas. Na minha visão, cada ser humano é um universo único, e como jornalista acredito que nossa missão é buscar conhecer e fazer conhecido o máximo desses universos cheios de particularidades. A história do Ademilson transmite muita fé, perseverança e renovação de vida. É bom ver que histórias boas também são notícias consumidas", diz. O repórter Diêgo Holanda, finalista em três categorias do prêmio neste ano, diz que está ansioso para a premiação na quarta-feira. "Fiquei muito feliz quando recebi a notícia que sou um dos finalistas do prêmio. Me sinto honrado em poder representar, junto com a Jheniffer, essa equipe incrível do G1 em Rondônia", diz. Jurados Os jurados convidados para compor a comissão do 9° Prêmio MP-RO de Jornalismo são os promotores de Justiça Luciana Nicolau de Almeida, Yara Travalon Viscardi, Fábio Augusto Negreiros Parente Capela Sampaio, Anderson Batista De Oliveira e Elias Chaquian Filho. Compõe a comissão as jornalistas Clênia Goreth (MP-MT), Simone Norberto (TJ-RO), Daiana Aparecida de Souza (ESBR), Janaína Ribeiro (MP-AL), Luiza Archanjo (MPF-RO), Waléria Leite (MP-MS), Renata Silva (Embrapa/RO) e o comunicador Dayan Cavalcante Saldanha (Sebrae/RO). A premiação tem como presidente de honra o Procurador-Geral de Justiça, Aluildo de Oliveira Leite.

  • VÍDEOS: JRO 1ª edição de segunda-feira, 11 de novembro de 2019
    on novembro 11, 2019 at 6:36 pm

    Veja o que foi notícia no estado. Veja o que foi notícia no estado.

  • Fotos mostram animais silvestres sendo devolvidos à natureza em Vilhena, RO
    on novembro 11, 2019 at 6:21 pm

    Animais foram capturados na cidade no mês de outubro, segundo Semma. Raposa-do-campo foi uma das espécies que voltaram à natureza. Raposa-do-campo capturada em Vilhena recebe cuidados antes de ser solta na natureza Semma/Divulgação Quatorze animais silvestres capturados em ruas de Vilhena (RO), durante o mês de outubro, foram devolvidos à natureza. As fotos da soltura foram divulgadas nesta segunda-feira (11). Entre os animais soltos na floresta estão répteis, aves e mamíferos. Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), os animais foram capturados no mês passado pelo Corpo de Bombeiros, Polícia Militar Ambiental, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam). Depois de serem retirados das ruas, os animais passaram por atendimentos de primeiros-socorros, treinamentos e cuidados prolongados. Raposa foi solta perto da Lagoa Azul em Vilhena Semma/Divulgação Uma raposinha-do-campo, que havia sido capturada pelos bombeiros, foi solta em uma região afastada da cidade, próxima à Lagoa Azul. A Semma também soltou cobras capturadas em casas de Vilhena ou em veículos, como uma cobra-cipó que se escondeu no motor de um carro, na região central da cidade. Cobra-cipó capturada em carro também foi solta na natureza Semma/Divulgação Cobra-cipó é solta na natureza em Vilhena Semma/Divulgação Cobra é solta pela equipe da Semma em Vilhena Semma/Divulgação Ave é solta em Vilhena pela equipe da Semma Semma/Divulgação

  • Em menos de 15 dias, agentes penitenciários descobrem novo túnel no presídio 603 em RO
    on novembro 11, 2019 at 4:06 pm

    Presídio Jorge Thiago Aguiar Afonso foi inaugurado em junho, em Porto Velho. No fim de outubro, outro túnel foi descoberto pelos servidores da unidade. Buraco aberto por presos já tinha alguns metros escavados Divulgação Agentes penitenciários do presídio Jorge Thiago Aguiar Afonso, conhecido como 603, descobriram um novo túnel aberto por detentos dentro de uma cela da unidade. De acordo com a coordenação do sistema prisional da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), o caso foi registrado na noite de domingo (10). Conforme a coordenação, oito presos estavam na cela de onde partia o túnel, que já tinha alguns metros escavados. Eles devem ser responsabilizados por dano ao patrimônio público. Em nota à imprensa, a Sejus informou que foi registrada uma ocorrência na Polícia Civil para apurar as circunstâncias em que os presos conseguiram abrir o buraco e parabenizou os agentes por evitarem a fuga. Buraco aberto pelos presos começava na cela e tinha saída na área externa da unidade Divulgação Segundo caso em duas semanas No dia 29 de outubro deste ano, os agentes penitenciários da unidade conseguiram evitar outra fuga de oito apenados. Na ocasião, foram apreendidas barras de ferro usadas pelos detentos na escavação de um túnel. Cinco meses de presídio Presídio Jorge Thiago Aguiar Afonso em Porto Velho Diêgo Holanda/G1 O presídio Jorge Thiago Aguiar Afonso foi inaugurado no dia 14 de junho para receber 603 presos. Ao todo, são 48 celas, sendo seis delas individuais e seis para pessoas com deficiência. Segundo o governo, o novo presídio inclui câmeras de monitoramento e controle aéreo, além de quatro salas de aula, biblioteca, sala de informática, ala para dependentes químicos, parlatório, espaço para visita das famílias, consultório odontológico, consultório médico e enfermaria. Veja a íntegra da nota enviada pela Sejus: A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) informa que durante inspeção de rotina dos agentes penitenciários de plantão, foi detectado um túnel em uma das celas da Penitenciária Estadual Jorge Thiago Aguiar Afonso (603). A Polícia Civil foi acionada para que todas as providências necessárias sejam tomadas, mormente o dano causado ao patrimônio público. A Secretaria de Justiça parabeniza seus Agentes Penitenciários pelo excelente trabalho prestado.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *