Na hora certa!

Notícias atualizadas do Brasil, Portugal, Itália, Alemanha, Reino Unido e Irlanda

Intro

  • Apreendido quase R$ 1,5 milhão em casas de suspeitos de tráfico de drogas no RS
    on novembro 12, 2019 at 10:35 am

    Três homens foram presos. O dinheiro apreendido estava em sacos plásticos em residências em Novo Hamburgo e Estância Velha, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Polícia apreende quase R$ 1,5 milhão no combate ao tráfico em Novo Hamburgo A Brigada Militar apreendeu R$ 1,397 milhão que estavam guardados em sacos plásticos, em três casas de Novo Hamburgo e Estância Velha, na Região Metropolitana de Porto Alegre, na manhã de segunda-feira (11). De acordo com a polícia, três pessoas foram presas, dois carros e uma arma, que havia sido roubada da BM, foram apreendidos. A polícia suspeita de que os valores tenham origem no tráfico de drogas. Um dos presos agia como tesoureiro do grupo criminoso. O dinheiro precisou ser levado para a sede da Polícia Federal, em Porto Alegre, durante a noite, e levou 6h para que os policiais conseguissem contar todas as notas. A contagem terminou no fim da madrugada desta terça (12). A apreensão aconteceu após a BM monitorar um grupo criminoso na região. De acordo com os policiais militares, um suspeito, de 30 anos, foi abordado e tentou fugir, no bairro Canudos, em Novo Hamburgo. Na casa onde ele se escondeu estava parte do valor. Outro integrante do grupo foi apreendido em uma rua do mesmo bairro. Na casa do homem, de 36 anos, a polícia encontrou quase R$ 1 milhão. No local, também foram apreendidos dois veículos. O restante do dinheiro foi encontrado em uma residência em Estância Velha, onde a polícia também apreendeu uma arma roubada da BM. Um homem, de 32 anos, foi preso. Dinheiro precisou passar por uma máquina de contar notas da Polícia Federal. Brigada Militar/Divulgação Polícia apreende quase R$ 1,5 milhão em notas em três casas no Vale do Sinos. Samuel Vettori/RBS TV

  • Acidente envolvendo quatro veículos na ERS-122 deixa uma pessoa morta em Caxias do Sul
    on novembro 12, 2019 at 12:57 am

    Homem de 30 anos morreu no local. Duas mulheres e duas crianças ficaram feridas. Acidente envolvendo quatro veículos na ERS-122 teve uma morte em Caxias do Sul CRBM / Divulgação Um acidente envolvendo quatro veículos, na ERS-122, em Caxias do Sul, deixou um homem de 30 anos morto e outras quatro pessoas feridas, conforme o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM). O fato aconteceu na altura do quilômetro 85, em Vila Maestra, às 14h30 desta segunda-feira (11). Segundo o CRBM, a motorista de um C-4 seguia no sentido de Flores da Cunha a Caxias do Sul quando perdeu o controle do veículo e invadiu a pista contrária. Na sequência, chocou-se com um Clio e colidiu frontalmente contra um Fox com placas de Nova Pádua e uma caminhonete Strada. O condutor do Fox, um homem de 30 anos, morreu no local. A motorista do C-4, de 33 anos, seus dois filhos de três anos e de 11 meses, e uma passageira da caminhonete, de 61 anos, ficaram feridas. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu os feridos e os encaminhou a hospitais de Caxias. A rodovia ficou bloqueada por cerca de três horas, sendo liberada por volta das 17h30.

  • Governador do RS confirma que pagamento do 13º salário ocorrerá por meio de empréstimo
    on novembro 12, 2019 at 12:18 am

    Juros do Banrisul seriam pagos pelo governo. Proposta será enviada à Assembleia Legislativa até quarta junto a pacote de cinco projetos denominado Reforma Estrutural do Estado. Leite anuncia que funcionários públicos terão que fazer empréstimos para receber o 13º O governador Eduardo Leite confirmou, nesta segunda-feira (11), em Brasília, que os servidores estaduais terão de fazer empréstimo no Banrisul para receber o 13º salário. O Piratini ficará responsável pelos encargos. Cumprindo uma série de compromissos na capital federal, Leite garantiu que encaminhará à Assembleia Legislativa até quarta-feira (13) o projeto de lei que estipula o parcelamento do 13º salário dos servidores estaduais. O texto prevê a possibilidade de empréstimo no Banrisul, no valor correspondente à gratificação de Natal. "Estamos buscando a garantia de pagamento do 13º integral aos servidores através do empréstimo bancário com os juros sendo pagos pelo Estado", diz. Quem não quiser efetuar a transação bancária em dezembro, receberá o valor correspondente ao 13º de forma parcelada ao longo dos 12 meses seguintes. Esta é a quinta vez que o Estado parcela a gratificação natalina. "O Estado fará o pagamento parcelado ao longo do próximo ano, mas os servidores têm a possibilidade de fazer a antecipação do pagamento em dezembro", explicou Leite. A proposta será enviada junto com o pacote de cinco projetos que alteram a Previdência e carreiras do funcionalismo gaúcho denominado Reforma Estrutural do Estado. Eduardo Leite se reuniu no fim da tarde desta segunda-feira (11) com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado. No encontro, o governador tratou de outros temas, como a reforma previdenciária para os militares. Leite defende que as alíquotas sejam de responsabilidade dos estados, pois cada unidade da federação tem uma realidade específica. Nesta segunda, o governador confirmou, também, um total de R$ 2 milhões no Orçamento da União de 2020 para dar início às obras da futura Penitenciária Federal de Charqueadas. A obra custará, no total, R$ 45 milhões, e deve ser concluída até 2023. Leite foi recebido por Alcolumbre na residência da presidência do Senado Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

  • Sete Povos das Missões recebem certificado como patrimônio cultural do Mercosul
    on novembro 11, 2019 at 11:43 pm

    Certificação reconhece conjunto de 30 reduções de Brasil, Argentina e Paraguai. Exposição com história do lugar ocorre, simultaneamente, em São Miguel e em Porto Alegre. Reduto dos Sete Povos das Missões é reconhecido como patrimônio cultural do Mercosul Os Sete Povos missioneiros receberam nesta tarde (11), em São Miguel das Missões, a certificação de patrimônio cultural do Mercosul. A certificação reconhece o conjunto de 30 reduções de Brasil, Argentina e Paraguai. "Até então, aqui, no Rio Grande do Sul, somente a redução de São Miguel tinham um reconhecimento internacional, da Unesco, como patrimônio mundial, histórico e cultural da humanidade. Agora, por entender a importância dos demais povos, o Mercosul reuniu o conselho de cultura para reconhecer todas as reduções", afirma o ministro da Cidadania, Osmar Terra. O processo para esse reconhecimento iniciou em 2015. A ideia, com isso, é dar mais visibilidade à historia e ao legado deixado pelos indígenas e jesuítas. E, também, aumentar o interesse turístico pela região. "Estamos juntando três atividades em uma só. O reconhecimento cultural, o incremento no turismo e o desenvolvimento econômico, também, para o Noroeste do estado, que é muito importante. Talvez seja o maior passo que vai se dar na direção de acelerar o desenvolvimento econômico nos próximos 10 anos", prevê o ministro. O Sítio Histórico de São Miguel Arcanjo foi tombado em 1938. Em fevereiro deste ano, foi autorizado o início das obras de requalificação urbanística do entorno do sítio. Entre as melhorias previstas, estão um novo pavimento de pedra, ciclovias com pavimento rígido, calçadas com pavimento em concreto e telas de aço, acessibilidade, trilhas, paisagismo e requalificação de três praças. Já o Dossiê da Tava (lugar de referência para a memória e a identidade do povo Guarani) reúne os estudos que levaram este bem ao reconhecimento do Mercosul. O local sagrado, construído e habitado por ancestrais a pedido da divindade Nhanderu, já havia sido reconhecido como Patrimônio Cultural do Mercosul. Catedral Angelopolitana, de Santo Ângelo, é uma das atrações das Missões Cristiano Mascaro / Iphan Exposição em Porto Alegre A exposição "7 Povos: Retratos de um Território" está aberta nas ruínas da Igreja de São Miguel Arcanjo, em São Miguel das Missões, e no Memorial do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. Ela apresenta fotos, vídeo-documentários, painéis, mapas interativos, documentos antigos, conteúdo de arte-educação, entre outras peças. Com a curadoria de Cláudia Ardións e projeto expográfico de Suzane Queiroz, "7 Povos" desbrava o território missioneiro por meio de sua geografia, história e vida sociopolítica e cultural. Ela conta, ainda, a narrativa da ocupação da região, com mapas antigos e do momento atual, como ela se formou e no que se tornou. Em 2020, a exposição deve passar pelo Rio de Janeiro e por Montevidéu, no Uruguai. A mostra é fruto de um projeto de cooperação internacional entre Iphan, Unesco e Ministério das Relações Exteriores, por meio da Agência Brasileira de Cooperação (ABC).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *