Na hora certa!

Notícias atualizadas do Brasil, Portugal, Itália, Alemanha, Reino Unido e Irlanda

Não perca a chance! Clique na imagem do Curso de Italiano!

Alimentos e bebidas - Curso HACCP

Conhecer, conservar, transformar e cozinhar os alimentos da maneira correta, em conformidade com o APPCC (HACCP).

Intro

  • Seti abre seleção de 82 profissionais e estudantes da saúde para o combate ao coronavírus
    on março 29, 2020 at 12:59 am

    Convocados devem atuar em unidades de saúde e no Sistema Prisional do Paraná. Bolsas oferecidas pela chamada pública chegam a R$ 4 mil. Critério de escolha será pela ordem de inscrição online, segundo a Seti Marcos Santos/USP Imagens A Superintendência Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e as universidades estaduais do Paraná, está selecionando 82 profissionais e estudantes da área da saúde para trabalhar no combate ao novo coronavírus. Paraná tem 137 casos do novo coronavírus, aponta boletim As inscrições começaram neste sábado (28) e vão até o dia 2 de abril pela internet. As bolsas chegam a R$ 4 mil. De acordo com a Seti, a seleção será feita pela ordem cronológica das inscrições. Os candidatos devem informar dados pessoais e anexar declaração que comprove ser profissional ou estudante da área da saúde. Os selecionados irão atuar no combate e prevenção da Covid-19 nas seguintes cidades: Irati Campo Mourão Paranavaí Cornélio Procópio Apucarana União da Vitória Pato Branco Toledo Telêmaco Borba Umuarama Cianorte Ivaiporã A Seti informou que os estudantes e profissionais irão atuar em unidades de daúde e no Sistema Prisional do Paraná. As bolsas têm duração de quatro meses, podendo ser prorrogadas por mais quatro meses. Outros detalhes da seleção podem ser acessados no edital de chamada pública. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

  • Prefeitos de Palhoça, São José e Biguaçu anunciam que quarentena será mantida nos municípios
    on março 29, 2020 at 12:58 am

    Camilo Martins, Adeliana Dal Pont e Ramon Wollinger informaram a decisão em um vídeo divulgado neste sábado. Prefeitos de cidades da Grande Florianópolis decidem manter período de isolamento pós o Governo de Santa Catarina decidir liberar parcialmente as atividades em determinados estabelecimentos comerciais, prefeitos da Grande Florianópolis decidiram estender a quarentena nos municípios até o dia 8 de abril. Após o Governo do Estado anunciar a retomada gradativa das atividades suspensas por causa do novo coronavírus, quatro prefeitos de cidades da Grande Florianópolis anunciaram a decisão em manter as medidas de isolamento social até a primeira semana de abril. Na sexta-feira (27), o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, publicou um decreto no Diário Oficial do Município em que mantém suspenso por sete dias, a partir de 1º de abril, as atividades e serviços privados não essenciais, como academias, shopping centers, cinemas, bares e comércio em geral. O decreto prevê ainda que restaurantes, bares, lanchonetes e cafés podem operar somente para atendimento delivery (entrega), drive thru e retirada no local. A decisão foi seguida por outros três municípios da Grande Florianópolis. Em um vídeo divulgado neste sábado (28), os prefeitos de Biguaçu, Palhoça e São José afirmaram estender a quarentena até o dia 5 de abril. De acordo com a prefeita de São José, Adeliana Dal Pont, a situação será reavaliada pelas administrações municipais nesta data. Camilo Martins, Adeliana Dal Pont e Ramon Wollinger divulgaram vídeo neste sábado NSC TV/Reprodução "Sabemos das dificuldades dessa quarentena, mas, com as informações das equipes de saúde, o importante é que vidas serão salvas com nossa atitude", diz prefeito de Camilo Martins. O prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger, destacou que as populações não vivem isoladamente. "Queremos proteger os moradores de toda região, já que, em uma pandemia, o vírus não respeita o limite territorial", disse. Veja mais notícias do estado no G1 SC Initial plugin text

  • Confira as últimas notícias sobre o coronavírus nas regiões de Sorocaba e Jundiaí
    on março 29, 2020 at 12:54 am

    Até o momento, há seis casos confirmados em Jundiaí, três em Sorocaba, um em Porto Feliz e um em Itupeva. Confira as últimas notícias sobre o coronavírus nas regiões de Sorocaba e Jundiaí Até o momento, há seis casos confirmados em Jundiaí, três em Sorocaba, um em Porto Feliz e um em Itupeva.

  • Trump diz que quarentena não será necessária em Nova York, New Jersey e Connecticut
    on março 29, 2020 at 12:54 am

    Na manhã deste sábado (28), o presidente dos EUA havia afirmado que avaliava quarentena quarentena obrigatória para esses estados. O presidente dos EUA, Donald Trump, durante entrevista coletiva sobre o coronavírus, na Casa Branca, em Washington, na sexta-feira (27) Jim Watson/AFP O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, disse na noite neste sábado (28), em rede social, que uma quarentena não será necessária em Nova York, New Jersey e Connecticut, após ter consultado os governadores desses estados e recebido recomendações da força-tarefa de combate ao coronavírus na Casa Branca. No início da tarde, o presidente disse que avaliava determinar quarentena obrigatória para esses estados. Segundo Trump, mais informações serão divulgadas pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) nesta noite. Mais de 100 mil casos Os Estados Unidos contabilizaram na sexta-feira (27), mais de 100 mil casos de Covid-19. É o maior número do planeta. O estado de Nova York é o epicentro da doença. Para lidar com a crise, Trump acionou um mecanismo usado em tempos de guerra. Pelo ato de produção de Defesa, o governo pode obrigar as empresas a produzirem o que o estado quiser. Esse mecanismo foi criado em 1950, logo depois da guerra da Coreia. A ideia agora é fazer a General Motors produzir respiradores. A GM e uma outra empresa especializada em respiradores já tinham negociado com o governo um acordo pra produzir 80 mil desses equipamentos. Mas o negócio foi cancelado, oficialmente, por causa do valor: US$ 1 bilhão.

  • Jundiaí confirma sexto caso de coronavírus na cidade
    on março 29, 2020 at 12:53 am

    Cidade tem mais de 100 casos suspeitos. Jundiaí tem mais um caso confirmado de coronavírus A Prefeitura de Jundiaí confirmou neste sábado (28) o sexto caso de coronavírus na cidade. O exame foi feito em laboratório particular. Trata-se de uma pessoa de 39 anos. Cobertura AO VIVO dos desdobramentos da pandemia na região Até sábado (28), a cidade contabilizava 136 casos suspeitos e três mortes em investigação. Os casos internados estão em hospitais públicos e privados, com diagnóstico prévio de Síndrome Respiratória Aguda Grave. As três mortes também aguardam laudos do Instituto Adolfo Lutz. Familiares dos casos suspeitos identificados estão devidamente orientados pelas equipes de Saúde com relação às medidas preventivas para evitar contágio, como uso de máscaras, higienização das mãos e não compartilhamento de objetos de uso pessoal. O Prefeito Luiz Fernando Machado decretou estado de calamidade pública para a cidade, ampliando a restrição de fluxos, suspendendo cobranças e determinando a suspensão de atividades de setores não essenciais, com o objetivo de reduzir a disseminação do vírus entre a população Initial plugin text

  • VÍDEO: Passageiro registra ferry boat lotado após redução em horários para evitar aglomeração
    on março 29, 2020 at 12:45 am

    Caso aconteceu na noite de sexta-feira (27); neste sábado, sistema não operou. Imagens gravadas no local mostram passageiros aglomerados em rampa de veículos. Telespectador flagra lotação de passageiros em ferry boat, na travessia Salvador-Itaparica Um passageiro registrou uma das embarcações do sistema ferry boat lotada, depois da redução nos horários para evitar aglomeração e proliferação do coronavírus. O caso aconteceu na noite de sexta-feira (27). Neste sábado, o sistema não operou. Imagens gravadas no local mostram os passageiros saindo aglomerados pela rampa de veículos. Segundo a Internacional Travessias, empresa que administra o sistema, a aglomeração vista no vídeo e pontual e, para evitá-la, é necessário contar com a ajuda dos passageiros. Veja mais notícias do estado no G1 Bahia. Passageiro registra ferry boat lotado após redução em horários para evitar aglomeração Reprodução/TV Bahia

  • VÍDEOS: JPB2 deste sábado, 28 de março
    on março 29, 2020 at 12:42 am

    Assista aos vídeos do telejornal com notícias de todo o estado. Assista aos vídeos do telejornal com notícias de todo o estado.

  • Estudo mostra que o isolamento social está ajudando a evitar casos de coronavírus em São Paulo
    on março 29, 2020 at 12:31 am

    Em menos de dez dias, a doença cresceu cinco vezes no estado, metade do aumento registrado em todo o país. Estudo mostra que o isolamento social está ajudando a evitar casos de coronavírus em SP Um estudo científico mostra que o isolamento social está funcionando em São Paulo, para conter o avanço do vírus. Em menos de dez dias, a doença cresceu cinco vezes no estado - metade do aumento registrado em todo o país. A cidade de São Paulo ficou quase fazia neste sábado (28). O Parque do Ibirapuera silenciou, em pleno sábado. Os portões barraram a entrada, mas teve gente que arrumou um espaço do lado de fora. O Francisco trouxe a filha, dizendo que precisa se mexer. “Está muito difícil, ficar em casa trancado. Toda a família junto, é punk”, diz o economista Francisco Rocha Toledo. A 25 de Março, uma das ruas de comércio mais populares do país, costuma ficar cheia num dia normal. Mas neste sábado, com o comércio fechado, estava praticamente deserta. Nas feiras livres, o movimento caiu bastante. Teve mudanças na barraca do pastel. “Pega e vai comer em casa. Tem uns que ainda quer comer aqui, mas não pode. A gente está sempre avisando”, diz o feirante Johnatas do Nascimento. Caldo de cana também não pode tomar na feira. “Só para levar na garrafa”, afirma a feirante Hilda Unten. O Instituto Butantan fez uma pesquisa, junto com o Centro de Contingenciamento da Covid-19 de São Paulo. Analisando os números de casos confirmados na região metropolitana, chegou à conclusão que o isolamento social está funcionando para conter o avanço do vírus. Antes das restrições, cada pessoa contaminada infectava outras seis. Depois do dia 20 de março, quando a prefeitura de São Paulo determinou o fechamento do comércio que não é essencial, a taxa de contágio caiu de uma para cada três pessoas. Já depois da última quarta-feira (25), quando começou a quarentena em todo o estado, a taxa diminuiu ainda mais: cada pessoa infectada está transmitindo o vírus para outras duas. “Nesse momento, as medidas de afastamento social representam a única arma que nós temos para combater essa epidemia. Isso não resta a menor dúvida, do ponto de vista científico, do ponto de vista médico, do ponto de vista epidemiológico. Nós estamos observando as nossas ruas vazias, as pessoas em casa, e portanto uma coisa está em relação direta com a outra”, diz Dimas Tadeu Covas, diretor do Instituto Butantan. A pesquisa do Instituto Butantan também mostra que, entre os dias 16 e 25 de março, o número de casos confirmados da Covid-19 cresceu 467% em São Paulo e mais do que o dobro disso em todo o Brasil: 939%. A preocupação com a propagação do vírus é grande nas favelas. Um grupo de médicos, artistas e líderes comunitários criou um clipe, para convencer os moradores a ficarem em casa.

  • Aluno do curso de Química da USP morre vítima de coronavírus
    on março 29, 2020 at 12:27 am

    USP lamentou e informou que tenta identificar colegas, professores e funcionários com quem ele eventualmente teve contato. Neste sábado (28) subiu para 84 o número de mortes pelo Covid-19 no estado de São Paulo. Instituto de Química da USP Divulgação/USP Um estudante do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP) morreu neste sábado (28) em decorrência da Covid-19, de acordo com a assessoria de imprensa da instituição de ensino. O homem foi identificado como V.L.T, tinha 56 anos, e estava internado no Hospital Universitário (HU), onde não resistiu à infecção. São Paulo tem 84 mortos por coronavírus e 1.406 casos confirmados Cerca de 12 mil testes da rede pública de SP para diagnóstico aguardam resultado Em nota, a USP lamentou e informou que tenta identificar os colegas, professores e funcionários com quem ele eventualmente teve contato para orientá-los sobre como proceder. A universidade informou ainda que o Serviço Social e o Escritório de Acolhimento em Saúde Mental da Pró-Reitoria de Graduação estão em contato com a família do estudante para oferecer o suporte. Neste sábado, o Ministério da Saúde informou que subiu para 84 o número de mortes pelo novo coronavírus no estado de São Paulo. A USP não soube informar se V.L.T. estava entre as vítimas contabilizadas pelo Governo Federal, pois a notificação é de responsabilidade da Vigilância Epidemiológica. Casos na universidade No dia 11 de março, a USP suspendeu as aulas do curso de Geografia, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), quando um aluno comunicou que estava infectado. Na ocasião, a universidade informou que o estudante também trabalha na universidade e se movimentou no campus até começar a ter os sintomas mais fortes da doença. Ele contraiu o coronavírus após a esposa dele voltar da Itália com a doença. Após o caso, a universidade também anunciou a criação de um comitê para monitorar coronavírus formado por profissionais da saúde do HU, representantes da Unidade de Vigilância em Saúde do Butantã e da Coordenadoria de Vigilância em Saúde. Dois dias depois, em 13 de março, a Escola Politécnica (Poli) anunciou o segundo caso de contaminação por coronavírus na USP. No mesmo dia, a universidade comunicou que suspenderia as aulas e adotaria um sistema de ensino à distância. Covid-19: Geografia da USP suspende aulas Dicas de prevenção contra o coronavírus Arte/G1 Initial plugin text



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *