Na hora certa!

Notícias atualizadas do Brasil, Portugal, Itália, Alemanha, Reino Unido e Irlanda

Não perca a chance! Clique na imagem do Curso de Italiano!

Alimentos e bebidas - Curso HACCP

Conhecer, conservar, transformar e cozinhar os alimentos da maneira correta, em conformidade com o APPCC (HACCP).

Intro

  • PF apreende mais de 5 mil maços de cigarro contrabandeados da Bolívia em RO
    on julho 15, 2020 at 12:25 am

    Três homens, sendo um boliviano, foram presos em Guajará-Mirim. Materiais foram apreendidos. Cigarros contrabandeados da Bolívia foram apreendidos em cidade da fronteira em Rondônia. Divulgação/PF A Polícia Federal (PF) apreendeu na tarde desta terça-feira (14), 5,5 mil maços de cigarro contrabandeados da Bolívia. Três homens, sendo um boliviano, foram presos. Os suspeitos foram flagrados no Porto do Cemitério, ponto clandestino atrás do cemitério da cidade. Uma equipe da PF flagrou uma embarcação vinda da Bolívia no momento em que eram descarregados 5,5 mil maços de cigarros de origem estrangeira. Três indivíduos, sendo dois brasileiros e um boliviana, faziam o transporte dos cigarros do barco até um veículo às margens do rio. Os conduzidos foram levados à Delegacia de Polícia Federal em Guajará Mirim, onde foram autuados em flagrante pelo crime de contrabando. Após serem ouvidos, foram encaminhados para o exame de corpo de delito e, em seguida, à Casa de Detenção de Guajará Mirim, onde ficarão à disposição da Justiça. A mercadoria apreendida, bem como o veículo e embarcação, serão entregues à Receita Federal do Brasil para as medidas legais cabíveis, dentre elas o perdimento dos bens, além de multa. Três pessoas, entre eles um boliviano, foram presas. Divulgação/PF

  • Ceará passa por momentos distintos no interior e na capital no combate ao coronavírus
    on julho 15, 2020 at 12:25 am

    Enquanto na capital, os casos e as mortes por Covid-19 têm diminuído, no interior do Ceará, a situação ainda é grave. Em 15 dias, o número de mortes aumentou quase 40% no sul do estado. Ceará passa por momentos distintos no interior e na capital no combate ao coronavírus O Ceará está passando por momentos distintos no interior e na capital. Fortaleza viveu o caos. As UTIs lotaram durante o pico da pandemia na capital cearense. Mas, há dois meses, os casos e as mortes por Covid têm diminuído. A taxa de ocupação das UTIs agora está 60%. A UTI do maior hospital público do Ceará, por exemplo, não recebe nenhum paciente de Covid-19 há quase uma semana, e o hospital de campanha, montado para reforçar o atendimento de enfermaria, está com 60% dos leitos ocupados. No interior do Ceará, a situação ainda é grave. Em 15 dias, o número de mortes aumentou quase 40% no sul do estado. Juazeiro do Norte está com 87% dos leitos de UTI ocupados na rede pública. “Estamos intensificando todas as ações, mas nós precisamos que a população tome todas as medidas", diz Glauciane Torres Neves Quental, secretária de Saúde da cidade. Cuidados que estão faltando nas ruas cheias de gente, apesar do lockdown. O governo do Ceará decretou multa pra quem não usar máscara. É uma tentativa de diminuir o contágio. José Sérgio foi diagnosticado com a forma branda da doença. Morreu, aos 42 anos, enquanto fazia o tratamento em casa. “Essa doença é muito rápida. Quando ele sentiu o cansaço, a agonia dele já foi para morrer”, conta Cícera Sônia, irmã de José.

  • Simm oferece 24 vagas de emprego nesta quarta-feira, por teleatendimento
    on julho 15, 2020 at 12:18 am

    Interessados devem entrar em contato através de telefone, das 8h às 14h. Posto do SIMM no bairro do Comércio, em Salvador Valter Pontes/Secom O Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (Simm), oferece 24 vagas de emprego para esta quarta-feira (15), em Salvador. Devido à pandemia de Covid-19, o atendimento presencial na sede do Simm está suspensa. No entanto, é possível se candidatar a uma vaga por meio do sistema de teleatendimento, que funciona das 8h às 14h. Os interessados devem ligar para: (71) 3202-2003. Confira as vagas: Promotor de vendas (vaga exclusiva para pessoas com deficiência) Ensino médio completo, sem experiência, imprescindível CNH A Salário: a combinar + benefícios 3 Vagas Maqueiro (vaga exclusiva para pessoas com deficiência) Ensino médio completo, 3 meses de experiência Salário: a combinar + benefícios 4 Vagas Cozinheiro Ensino médio completo, 6 meses de experiência, desejável noções básicas de microbiologia Salário: a combinar + benefícios 2 Vagas Polidor de veículos Ensino fundamental completo, 6 meses de experiência Salário: a combinar + benefícios 1 Vaga Mecânico eletricista de automóveis Ensino fundamental completo, 6 meses de experiência Salário: a combinar + benefícios 1 Vaga Preparador de veículos Ensino fundamental completo, 6 meses de experiência Salário: a combinar + benefícios 1 Vaga Auxiliar Administrativo (estágio) Ensino médio incompleto (1º ou 2º ano, estar estudando a noite), sem experiência, conhecimento com Word, Excel, Windows e internet. Bolsa: 500,00 + benefícios 1 vaga Açougueiro Ensino médio completo, 6 meses de experiência, vaga zoneado para os bairros: Estrada das Barreiras, Tancredo Neves, Arenoso. Salário: a combinar + benefícios 2 vagas Supervisor Operacional Superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência com cargos de chefia e liderança de equipe, disponibilidade de horário e desejável conhecimento das leis trabalhistas, vaga zoneada para moradores dos seguintes bairros: Plataforma, Paripe, Periperi, Massaranduba, Pero Vaz, Ribeira, Alto de Coutos e Lobato Salário: a combinar + benefícios 1 vaga Cozinheiro Industrial Ensino médio incompleto, 6 meses de experiência, vaga zoneada para o bairro de Periperi Salário: a combinar + benefícios 1 vaga Técnico de Refrigeração de Caminhão Ensino médio completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência TERMO KINGS Salário: 2.150,00 + benefícios 1 vaga Açougueiro Ensino médio completo, 6 meses de experiência, ter disponibilidade de horário e experiência recente na função. Salário: a combinar + Benefícios 6 Vagas Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.

  • Goiânia reabre serviços não essenciais em meio a crescimento dos casos de Covid-19
    on julho 15, 2020 at 12:16 am

    O número de mortes aumentou 210% nos últimos 30 dias e a ocupação dos leitos de UTI na rede pública está em 96%. A prefeitura promete recuar se a situação continuar piorando. Goiânia reabre serviços não essenciais em meio a crescimento dos casos de Covid-19 Em meio ao crescimento acelerado do número de infectados, a prefeitura de Goiânia reabriu serviços não essenciais. Com horário reduzido e medidas de prevenção, voltam a funcionar o comércio, reuniões religiosas, academias, bares e restaurantes. “Distanciamento de mesas - no mínimo dois metros de distanciamento -, mesas individuais. Somente os grupos que se conhecem ou familiares poderão sentar juntos”, diz o dono de restaurante Josimar Santana. A reabertura acontece no momento em que o contágio cresce de maneira acelerada em Goiânia. O número de mortes aumentou 210% nos últimos 30 dias. “O risco dessa abertura precoce - essa abertura política, e não abertura técnica - é nós termos já o colapso franco do nosso atendimento. Para nós, técnicos, é uma abertura extremamente preocupante, uma vez que nós vamos ter muita dificuldade nessa nova demanda que, com certeza, vai acontecer de novos casos da Covid-19”, afirma a infectologista Christiane Kobal. A ocupação dos leitos de UTI na rede pública estadual está em 96%. A prefeitura promete recuar se a situação continuar piorando. “Nós não teremos dificuldade em modificar itens desse decreto caso a aplicação do mesmo possa nos mostrar que o tenha cometido excessos ou que tenham ocorrido falhas”, afirma o prefeito de Goiânia, Iris Rezende.

  • Região de Rio Preto receberá mais 38 ventiladores mecânicos para pacientes com coronavírus
    on julho 15, 2020 at 12:16 am

    Equipamentos serão instalados em 17 hospitais municipais e 21 filantrópicos. Respiradores mecânicos serão enviados pelo governo estadual Reprodução/TV TEM A região de São José do Rio Preto (SP) receberá mais 38 ventiladores mecânicos para tratamento de pacientes com coronavírus. Os equipamentos serão instalados em 17 hospitais municipais e 21 filantrópicos. De acordo com o governo do estado de São Paulo, a Santa Casa de Rio Preto, os prontos-socorros Vila Toninho e Santo Antônio, e as Unidades de Pronto Atendimento (UPA´s) Tangará, Jaguaré e Região Norte receberão dois aparelhos cada um. Confira abaixo outros serviços regionais que serão contemplados e a quantidade de ventiladores mecânicos que serão enviados: Santa Casa de Novo Horizonte: quatro aparelhos Santa Casa de Aparecida D’Oeste: um aparelho Santa Casa de Estrela D’Oeste: um aparelho Santa Casa de Ibirá: um aparelho Santa Casa de José Bonifácio: um aparelho Santa Casa de Nova Granada: um aparelho Santa Casa de Palmeira D’Oeste: um aparelho Santa Casa de Riolândia: um aparelho Santa Casa de Tanabi: um aparelho Santa Casa de Indiaporã: um aparelho Pronto Atendimento Fortunata Pozzobon de Votuporanga: dois aparelhos Hospital São José de Itajobi: um aparelho Hospital Nossa Senhora Divina Providência de Jaci: um aparelho Unidade de Pronto Atendimento de Mirassol: um aparelho Hospital São Domingos de Nhandeara: um aparelho Hospital João Veloso de Ouroeste: um aparelho Hospital Assistencial de Potirendaba: um aparelho Pronto Atendimento de Sales: um aparelho Hospital Maria Vale Pereira de Tabapuã: um aparelho Hospital São Lourenço de Urupês: um aparelho Veja mais notícias da região em G1 Rio Preto e Araçatuba Initial plugin text

  • Aneel aumenta tarifa de transmissão de energia; impacto médio nas contas será de 3,92%
    on julho 15, 2020 at 12:15 am

    Impacto na tarifa será diluído até 2025, porque os custos de transmissão já foram incluídos no empréstimo que socorreu o setor elétrico durante a pandemia da Covid-19. A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu nesta terça-feira (14) elevar em 26,6% a tarifa de transmissão de energia para o ciclo 2020-2021. Com a decisão, o valor total a ser cobrado passará de R$ 27,63 bilhões para R$ 34,9 bilhões. Segundo a Aneel, a mudança deve gerar um impacto médio de 3,92% nas contas de energia. Entre os motivos da alta na remuneração das distribuidoras, está a entrada em operação de novas linhas. Segundo a Aneel, o impacto previsto para a tarifa não será aplicado de imediato. Ele será diluído ao longo de cinco anos, já que esse custo foi incluido no empréstimo de quase R$ 15 bilhões de socorro ao setor elétrico. Governo anunciou socorro ao setor elétrico após queda do uso industrial e comercial de energia na pandemia A maior parte do empréstimo tomado pelas distribuidoras de energia vai servir para cobrir um buraco financeiro no setor elétrico causado pela queda no consumo de energia e aumento da inadimplência durante a pandemia do novo coronavírus. O empréstimo também considera outros custos, como o encarecimento da energia produzida pela hidrelétrica de Itaipu – motivado pela disparada do dólar – e o aumento no valor pago para remunerar o serviço de transmissão de energia. O empréstimo será pago com recursos que virão de um encargo a ser cobrado nas contas de luz a partir de 2021. A previsão é que o empréstimo seja incluído na conta de luz, ou seja, quitado progressivamente pelo pagamento dos usuários, ao longo de cinco anos. Como cada distribuidora receberá um valor diferente de empréstimo, o valor a ser pago por cada consumidor também vai variar.

  • Idoso de 64 anos morre vítima de Covid-19 em Barra do Piraí
    on julho 15, 2020 at 12:14 am

    Prefeitura confirmou ainda mais sete casos de coronavírus, somando 529 pacientes infectados. Um idoso de 64 anos morreu vítima de Covid-19 em Barra do Piraí, no Sul do Rio de Janeiro. Com isso, a cidade soma 29 óbitos causados pela doença. As informações foram divulgadas nesta terça-feira (14) pela Secretaria Municipal de Saúde. O governo municipal não informou se a vítima possuía alguma doença pré-existente e se estava internada. A prefeitura confirmou ainda mais sete casos de coronavírus, somando 529 pacientes infectados. Destes, quatro são homens, com idades entre 33 e 62 anos, que estão em isolamento domiciliar e três pacientes — que não tiveram sexo e idade divulgados — estão internados. + Veja os números da pandemia na região. Do total de pacientes confirmados, 472 pessoas são consideradas recuperadas, porque passaram os dias necessários em isolamento e não apresentam mais sintomas da doença. A Secretaria Municipal de Saúde segue monitorando todos os casos da doença.

  • Ministro da Ciência e Tecnologia anuncia reestruturação do Inpe
    on julho 15, 2020 at 12:14 am

    Marcos Pontes negou que a exoneração da responsável por monitorar o desmatamento tenha a ver com alertas de maior devastação da Amazônia. Ministro da Ciência e Tecnologia anuncia reestruturação do Inpe O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, anunciou nesta terça-feira (14) a reestruturação do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o Inpe. O ministro negou que a exoneração da responsável por monitorar o desmatamento tenha a ver com alertas de maior devastação da Amazônia. O ministro da Ciência e Tecnologia deu explicações sobre a exoneração de Lubia Vinhas, que estava desde 2018 à frente da coordenação-geral de Observação da Terra do Inpe, que dimensiona a devastação da Amazônia. "Ela não foi demitida. Nós ampliamos as funções do Inpe, ela vai assumir uma dessas funções estratégicas. É isso. Basicamente um mal-entendido. Talvez se eu tivesse prestado atenção um pouquinho mais no momento, esperado talvez um pouquinho para fazer essa mudança. Não aconteceu, falha minha. Acho que esse mal-entendido em relação à Lubia já está sanado", explicou o ministro Marcos Pontes. A exoneração de Lubia ocorreu três dias depois de o Inpe divulgar que a Amazônia sofreu o maior desmatamento para um mês de junho em cinco anos. O departamento que ela dirigia monitora o desmatamento por meio de indicadores como o Deter, Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real. Entidades que denunciam crimes ambientais criticaram a exoneração. Nesta terça, o diretor interino do Inpe, Darcton Damião, disse que Lubia Vinhas assumirá a Base de Informações Georreferenciadas, área que, segundo ele, é um projeto estratégico. Darcton Damião também foi perguntado sobre a carta, assinada por técnicos do Inpe, que afirma que existe no instituto uma estrutura paralela, que opera, governa e decide sobre o Inpe aos moldes das estruturas militares. Os técnicos disseram que o atual diretor interino pode usar essa estrutura paralela para promover a construção de seu plano de trabalho, o que lhe dá clara vantagem sobre os outros postulantes ao cargo de diretor. Darcton negou que exista uma estrutura que o favoreça. "Não existe uma estrutura paralela. O que existe é: toda segunda-feira eu me reúno virtualmente com os membros da futura estrutura para não improvisar no dia 1, quando a estrutura tiver aprovada. Estou preparando semanalmente as coisas que a gente precisa fazer nas diversas áreas", disse Darcton. Nesta terça, 17 ex-ministros da Fazenda e ex-presidentes do Banco Central defenderam numa carta pública que a recuperação econômica do país deve levar em conta a preservação ambiental e a responsabilidade social, o que vem sendo exigido por investidores estrangeiros. Os ex-ministros alertam que a "mudança do clima" é "um risco ainda maior para todo o planeta" e que "os custos de descuidar de eventos climáticos poderão ser bem maiores do que os da atual pandemia". Entre os pedidos, está "zerar o desmatamento na Amazônia e no Cerrado" e o "cumprimento das leis de proteção ambiental". O grupo se coloca à disposição para contribuir. "É do nosso interesse lidar com essa questão. Ela começa na Amazônia, mas vai além. É o grande tema, da mudança climática, sim, da economia do carbono, tem a ver com a nossa produtividade. A mudança climática vai afetar a área de maior produtividade da economia brasileira, que é o agronegócio, já afeta hoje os nossos mercados. Então, existem realmente inúmeras razões que vão da produtividade até a qualidade de vida no Brasil para então aí nós nos juntarmos assinando esse documento essencialmente recomendando que esses temas façam parte de forma prioritária da formulação da política econômica do Brasil", disse Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central. Em uma audiência virtual do Senado, o vice-presidente Hamilton Mourão disse que o Brasil precisa diminuir o desmatamento para ter acesso a investimentos, como o dinheiro do Fundo Amazônia. "Nós temos que fazer o nosso dever de casa e combater as ilegalidades que ocorrem na região amazônica, não dando margem a que nós sejamos acusados de não estarmos protegendo a área da Amazônia, e, em particular, não tendo uma política ambiental afinada com os acordos que nós assinamos e afinada com aquilo que é o pensamento no mundo de hoje. Porque nós, o Brasil, temos os melhores números em termos de proteção ambiental. Nós temos essa capacidade. Mas, no presente momento, usando uma linguagem de lutador, nós fomos jogados nas cordas e para sair das cordas temos que apresentar resultados", afirmou Mourão.

  • Câmara de vereadores decide nesta quarta prazo que Crivella pediu para explicar problemas nas contas da prefeitura em 2019
    on julho 15, 2020 at 12:14 am

    Tribunal de Contas do Município identificou, pelo menos, 15 suspeitas de irregularidades em balanço de 2019 da prefeitura do Rio. Prefeito pediu 90 dias para dar explicações. TCM vê pelo menos 15 problemas em balanço de 2019 da Prefeitura do Rio A Câmara de Vereadores decide nesta quarta-feira (15) se concede o prazo de três meses que o prefeito Marcelo Crivella pediu para explicar ao Tribunal de Contas do Município os problemas identificados nas contas da prefeitura do ano passado. O TCM encontrou um rombo de mais de R$ 4 bilhões. Ao todo, o conselheiro Luiz Antônio Guaraná, do Tribunal de Contas do Município, pediu esclarecimentos sobre, pelo menos, 15 suspeitas de irregularidades encontradas nas contas do ano passado de Crivella, do Republicanos. Uma dessas irregularidades é o crescimento de quase 70% na falta de dinheiro do município desde que Crivella assumiu a prefeitura. É a chamada insuficiência financeira, quando o arrecadado ao longo de um ano não é o suficiente para cobrir todos os gastos daquele ano. O TCM quer que o prefeito justifique por que essa falta de dinheiro foi aumentando. O déficit era de R$ 2,3 bilhões nas contas de 2017, passou para R$ 3,2 bilhões em 2018, e o município fechou o ano passado faltando R$ 4 bilhões. Na segunda-feira (13), o RJ2 mostrou que o prefeito pediu noventa dias de prazo para responder as perguntas do conselheiro, alegando a pandemia para a demora. Mas, entre os vereadores, a interpretação é de que se trata de uma estratégia pra ganhar tempo, sem correr o risco de ter as contas rejeitadas até as eleições. Nesta terça, a Comissão de Justiça e redação da Câmara aprovou o pedido do prefeito por unanimidade. A decisão será votada em plenário na quarta-feira (15), na parte da manhã. O julgamento no TCM, que também estava marcado para esta quarta, foi adiado até que haja uma decisão.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *